PT EN ES
Biovet

Imprensa

Quarta-feira, 15 de Janeiro de 2020 - 05:34 - Atualizado em 28/01/2020 06:05

Importância do calendário de vacinação para o pecuarista brasileiro

Um correto calendário vacinal respalda a saúde bovina (corte e leite) e é capaz de aumentar a produtividade nas propriedades.

A pecuária brasileira está avançando em diversas frentes, dentre elas a sanidade animal. Uma das principais linhas de raciocínio a se seguir é a prevenção de doenças e isso é alcançado graças a um bom protocolo vacinal. É necessário pensar a propriedade como um todo, desde os animais que nasceram na propriedade quanto para aqueles animais que são adquiridos de outras propriedades.

Um correto calendário vacinal é capaz de evitar mortes e de aumentar a produtividade nas propriedades. Um exemplo de vacinas que evitam mortes de bovinos é a inclusão de um correto protocolo de vacinas contra as doenças clostridiais. E um exemplo de ação que evita perdas de produtividade são as inclusões de vacinas reprodutivas no calendário vacinal das propriedades.

O tema é pauta de reportagem especial da revista Agrovenda (veja link abaixo) que destaca o portfólio de produtos biológicos Biovet Vaxxinova dirigido à saúde bovina (corte e leite), cujas soluções para o setor incluem as seguintes vacinas:

  • Resguard Multi: Vacina polivalente contra clostridioses conjugada com botulismo
  • Resguard T/HB: Vacina polivalente contra clostridioses conjugada com tétano e hemoglobinúria bacilar
  • Rai-Vet Líquida: Vacina inativada contra raiva dos herbívoros
  • Brucel-Vet: Vacina contra a Brucelose Bovina
  • Bio-Afto-Vet: Vacina inativada bivalente contra febre aftosa
  • Lepto-Vacin: Vacina heptavalente contra Leptospirose
Assessoria de Imprensa
Deixe seu Recado